Ryukoji

Ryukoji está localizado na periferia de Kamakura em um espaço cênico com uma bela vista da ilha de Enoshima. Todavia, no período Kamakura essa bela área era um campo de execução chamado Tatsunokuchi.

Origens

Em junho de 1271, Kamakura sofria uma grande seca. Nichiren Shonin rezou por chuva como também o fez o sacerdote Ryokan-bo Ninsho do templo Gokurakuji. Apesar de a oração de Nichiren tenha trazido chuva e a de Ryokan não, Nichiren foi intimado a aparecer no tribunal em 10 de setembro. Nichiren Shonin submeteu suas escrituras, o “Rissho Ankoku Ron” ao governo uma segunda vez em 12 de setembro. Nessa noite foi preso po Hei-no Yoritsuna, que havia atacado a residência de Nichiren Shonin em Matsubagayatsu em agosto de 1260. No tribunal, Nichiren Shonin protestou contra o governo, declarando: “Eu, Nichiren, sou com um pilar do Japão. Perder-me é o mesmo que deitar abaixo um pilar do Japão. Predigo que o Japão irá sofrer uma rebelião interna e uma invasão estrangeira em cem dias.” Como resultado, o governo decidiu exilar Nichiren Shonin para a ilha de Sado e o enviou à residência de Honma em Echi, Kanagawa. Todavia, Yoritsuna havia planeado secretamente executar Nichiren Shonin, de modo que foi levado aos campos de execução de Tatsunokuchi na noite de 12 de setembro.

No momento em que Nichiren Shonin deveria ser decapitado, um objeto que brilhava como a lua na borda da ilha de Enoshima atravessou o céu como uma bola de luz. Tanto o carrasco como os guardas se assustaram com o que viram, e Nichiren Shonin escapou então da execução.

Em setembro de 1337, Nippo consagrou a estátua de Nichiren Shonin e fundou o templo. Em 1601 foi construída o Daihondo (Grande salão).

O templo na atualidade

O templo é responsável por cuidar do local da execução de Tatsunokuchi. O templo também inclui o Daihondo Shoin (Escritório do templo), una porta doada em 1858 pela família Konoike de Osaka e um pagode de cinco andares construído em 1910. A estátua de Nichiren Shonin, que foi colocada em Daihondo, é conhecida como uma das três estátuas talhadas a partir de uma única árvore. As outras duas estátuas encontram-se em Honmonji em Ikegami e Myohonji em Hikigayatsu.